Como fazer um plano de negócios

20 de dezembro de 2018

Jose Coscelli

Negócios

0

O mercado está cheio de boas ideias, mas poucas delas se transformam em negócios de fato.

Algumas vezes isso não acontece por uma questão simples: faltou um plano de negócios que ajudasse a empresa a enxergar o status do mercado onde ela pretendia atuar.

O plano de negócios vai além e também pode ajudar você a desenvolver melhor o seu produto e encontrar os melhores caminhos para se relacionar com seus clientes. Para atender objetivos tão
diferentes, um bom plano de negócios é formado por planos menores, que serão integrados:

  • Plano de marketing – vai tratar da análise de mercado, preços, localização, lançamento etc.;
  • Plano operacional – cuida do funcionamento da empresa, abordando itens como recursos materiais, humanos e financeiros;
  • Plano financeiro – aqui entram os números do negócio, como previsão de vendas, custos, ponto de equilíbrio etc.

Acho que vale a pena entendermos cada um deles:

Plano de marketing, deve ajudar você a descobrir:

  • O tamanho do mercado e se está em expansão, estagnado ou retração
  • Quem são os principais concorrentes e quais são seus pontos fortes e fracos?
  • Como eles reagirão à entrada de um novo concorrente?
  • Quem é o cliente para este produto ou serviço? Onde ele mora? Quanto ganha? Tamanho da família? Como chegar até estes clientes, quais os canais utilizados?
  • Como o cliente toma suas decisões para comprar este tipo de produto ou serviço?
  • Qual a importância da localização para seu negócio?
  • Quanto o cliente está disposto a pagar por este produto ou serviço?
  • Quais os principais fornecedores deste mercado? Quais as condições de pagamento, compras mínimas, prazo de entrega?

Já o Plano Operacional deve responder perguntas como:

  • Quantos funcionários serão necessários e qual é o nível de qualificação?
  • Máquinas e equipamentos?
  • Conhecimento necessário para operar o negócio?
  • Infraestrutura necessária para a empresa? Quais os processos?
  • Quais os ambientes e setores?
  • Qual a legislação específica do setor?

E o Plano Financeiro deve abranger pontos como:

  • Faturamento bruto;
  • Previsão de custos fixos e variáveis;
  • Ponto de equilíbrio;
  • Previsão de investimento inicial;
  • Necessidade de estoques e valores;
  • Valor da folha de pagamentos e encargos sociais;
  • Valor dos impostos.

Parece complicado, mas ao final estas informações serão fundamentais para colocar seu negócio em operação e colocar em prática ações específicas, como estratégias de marketing digital, por exemplo. Ficou em dúvida? Entre em contato conosco e descubra como podemos te ajudar.

Post by José Coscelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *